You are currently browsing the tag archive for the ‘passion’ tag.

Estava escutando There Goes The Fear Again, do Doves, trilha de (500) Days of Summer. All about… E resolvi entrar no myspace da banda. Além de escutar as músicas, o myspace tem outra utilidade agora que estou no velho mundo: ver datas de shows. E os caras vão fazer um show em Londres no próximo dia 6! Essa é das coisas amazing de estar aqui.

Busco mais informações, o local do concerto é perto da minha casa…

… mas os ingressos estão esgotados.

O lado ruim de uma cidade cosmopolita.

Mas daí dessas coincidências e coisas nada a ver, procurando no meu blog se tinha a citação do Paulo Coelho que coloquei no post abaixo, caí nesse post aqui. Sobre o medo, como a música.  Mais engraçado ou irônico, ou sei lá o quê, é o comentário…

A verdade é que sempre temos medo, mas a paixão não deixa ele paralisar nossas ações e a gente se atira sem rede de proteção e feliz. O medo nos protege. Mas quem quer ser protegido do amor? É por isso que arriscamos e assumimos as consequências e os riscos… No momento, o medo acaba sendo só mais uma adrenalina. Quando ele tinha razão de ser, vira sofrimento. E quando já é passado, vira lição, aprendizado, experiência.

A música do Doves…

Anúncios

There is a light that never goes out

… mine is lit!

Essa imagem me lembrou aquilo que o Paulo Coelho escreveu em Brida:

“As pessoas dão flores de presente porque nas flores está o verdadeiro sentido do amor: quem tentar possuir uma flor, verá a sua beleza murchar. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre com ela. Porque ela combina com a tarde, com o pôr do Sol, com o cheiro da terra molhada e com as nuvens do horizonte”.

Na quarta passada eu assisti novamente (500) Days of Summer, e sei lá, dessa vez achei ela meio filha da puta. Acho que é porque estou em outro momento agora, há uma luz que nunca se apaga…

Eu sempre amei trilhas de filmes. As músicas tem outro significado para mim depois que fazem parte de uma história. Com a facilidade de ter músicas hoje em dia, tenho as trilhas de todos filmes que gosto e quando revejo presto atenção nas cenas em que a música se encaixa. Adoro todas desse filme… You make my dreams uhuhuhu oh yeah!

Mas dessa vez prestei atenção na cena do elevador que ela destaca o seguinte trecho da música There is a light that never goes out, dos Smiths:

To die by your side, such a heavenly way to die

Já eu destaco essa:

I never never want go home
because I haven’t got one
anymore

E essa música tocou na festa da última sexta, que é assunto para outro post… a seu tempo.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 24 outros seguidores

Twitter

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Top Clicks

  • Nenhum

Blog Stats

  • 249.776 hits
setembro 2018
S T Q Q S S D
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Anúncios