Às vezes a gente vira a página, outras fecha o livro.

Admitir que acabou, para você, e não para o outro, é mais difícil. Principalmente para quem não quer desistir e por teimosia fica insistindo naquele capítulo. Pensei que jamais ia perdoar por deixar que eu parasse de sentir. Na verdade, só tenho que agradecer. Só assim pude abrir um livro novo.

E uma história nova, com todo mistério e expectativa que tem, é sempre bem mais interessante que uma história que você já conhece. E nenhuma narrativa muda só porque você parou de ler no meio, o final será sempre o mesmo.

Nada nem ninguém muda sem que também mudem as circunstâncias.

PRIMAVERAdegliuominiAssim é com as estações…