Olha que linda essa história de amor: Carta perdida reúne casal depois de dez anos

É por isso que acredito em três coisas: em coisas do amor, sempre dizer tudo que se deve dizer, principalmente por cartas que guardam essa dádiva de se perder ou se achar no tempo; tudo acontece ao seu tempo; e quando é para ser não tem jeito.

E essa é que sempre escuto da minha mãe e já nem sei se acredito ou não: o que é teu está guardado (bah, mas não precisava encontrar só dez anos depois, né?)