Acabo de descobrir que estréia nos cinemas de Porto Alegre, nesta sexta, Eterno Amor. o novo filme de Jean-Pierre Jeunet, diretor de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Quem me conhece ou me descobriu através do orkut, sabe da minha paixão por esse filme. Até bem pouco tempo atrás a minha foto no orkut era uma da Amélie, só troquei porque tive que trocar minha descrição também, já que não tenho mais a idade dela.

Assisti ao trailer, e deu para ver que o filme é tão fofo quanto o outro. Não deve superá-lo, mas parece ser muito bom. Daqueles que nos levam às lágrimas e nos fazem acreditar em amores eternos.

Foi uma grata surpresa descobrir isso hoje. Tenho em meu computador um arquivo que salvei no dia 3 de novembro de 2004 onde coloquei uma matéria que saiu no Diário Catarinense, falando sobre o filme. Guardei porque me interessei logo de cara. E hoje, assim não mais que de repente, descubro que o filme está entrando em cartaz. Essas pequenas coisas da vida é que nos dão uma sensação de felicidade. O inesperado é sempre uma grata surpresa.

Provavelmente eu vou assistir o filme nesta semana, pois tem outros que estão em cartaz a mais tempo que quero ver. Mas assim que for ao cinema, eu coloco minhas impressões sobre Eterno Amor aqui.