Meu signo no horóscopo chinês é o Galo. E já que a minha relação com os números ímpares não consegue ser muito feliz, pode ser que o horóscopo oriental me de uma ajudinha. Que o ano do Galo seja o meu ano!

Olha as informações que peguei no AOL – Astral

Às 22h29 desta terça-feira, teve início o Ano-Novo Chinês. Segundo o horóscopo local, 2005 será regido pelo Galo

Por Paula Moura, da Redação AOL

Nesta terça-feira de Carnaval começou um novo ciclo no calendário chinês: o Ano do Galo. Para os chineses, o Ano-Novo só começa na segunda Lua Nova do ano. No dia 8 fevereiro, exatamente às 22h29 (horário de Brasília), terminou o Ano do Macaco e tem início o Ano do Galo, um período regido pela exigência e pela vaidade.

Para os asiáticos, este é um ano péssimo para casamentos: os noivos tendem a exigir demais de seus parceiros.

De acordo estudiosa Maria do Carmo Azevedo, o horóscopo chinês não faz adivinhações, porém, pode revelar algumas nuances que afetarão a vida das pessoas. “As pessoas estarão mais seguras de si e prontas para o amor e para a guerra. Também vão querer fazer as coisas sempre do seu jeito”, completa a pesquisadora.

O Galo facilita atitudes ligadas à exigência. O ar altivo do animal que anuncia o despertar do dia afetará também a vaidade. “Todos vão falar muito e com eloqüência, podendo complicar o óbvio e se ofender facilmente”, analisa. “Portanto, para não se complicar é importante evitar discussões bobas e gastos demasiados com roupas e beleza.”

Canto de apresentação do Galo

“Eu estou a postos

Para anunciar a chegada do dia,

E para anunciar sua partida.

Eu me fortaleço com a pontualidade e a precisão.

Todas as coisas serão recolocadas em lugar certo.

Eu sou o capataz exigente.

O administrador sempre vigilante.

Eu procuro ordem perfeita em meu mundo.

Eu represento a dedicação inquebrantável.

EU SOU O GALO.

Além de um bicho, os signos também se ligam aos cinco elementos tradicionais da cultura chinesa: fogo, terra, água, metal e madeira. No horóscopo popular, 2005 é o ano do Galo de Madeira. Porém, o “Livro de Luo” e o “Mapa do Rio”, definem o ano como Galo de Terra. “Esse elemento traz a calma e a esperança de paz para o mundo”, explica Maria do Carmo.

Se a teoria estiver certa, esse deve ser um Ano do Galo atípico. Ao longo da História, os períodos regidos por esse animal foram marcados por acontecimentos que abalaram ou no mínimo comoveram o mundo: Veja:

1969 – Chegada do Homem à Lua; Festival de Woodstock

1981 – Papa João Paulo II sofre atentado; Escândalo Irã-Contras; Casamento de Diana Spencer com o Príncipe Charles

1993 – Divisão da Tchecoslováquia; Criação da União Européia; Massacre da Candelária

Como 2005 começou sob a sombra do Tsunami na Ásia, que matou mais de 250 mil pessoas, no fim do ano passado, é melhor cruzar os dedos. Ou melhor, respeitar a figura do Galo.

Conheça a origem do Horóscopo Chinês

Diz a lenda que Buda, à beira da morte, chamou todos os animais ao seu encontro. Contudo, apenas 12 bichos compareceram: o rato, o boi, o tigre, o coelho, o dragão, a serpente, o cavalo, o carneiro, o macaco, o galo, o cachorro e o porco (ou javali) . Como recompensa, cada um deles deu o nome a um ano lunar.

Daí por diante, cada ano do calendário passou a ser regido por um desses animais. Dizem que, durante o seu reinado, esses bichos influenciam tanto as pessoas que nascem naquele ano quanto o próprio Planeta Terra.

Um ditado popular chinês diz que pessoas nascidas em um ano regido pelo Macaco, por exemplo, têm um Macaco “escondido em seu coração” .