Mais um semestre de curso de História da Arte Brasileira. Na aula sempre tem os tradicionais slides, que ainda bem, a professora mostra depois do intervalo onde tomamos um café para não dormir com aquela luz apagada. Contraditoriamente, é também a parte mais interessante da aula, quando conhecemos as obras do artista estudado.

Hoje foi Oswaldo Goeldi, desenhista e ilustrador que se destacou na xilogravura. Entre temas sombrios como morte, personagens marginais, cenas noturnas, paisagens solitárias e recantos abandonados, este carioca, que viveu por 18 anos na Suíça, também produziu a obra Chuva (acima), xilogravura de 1957. Seus desenhos, que na maioria são negros, tem cor em alguns para pontuar algum detalhe. Adorei esta obra. Sempre na aula escolho a que acho mais bonita, num pensamento: esta eu queria ter em casa.

About these ads